terça-feira, 30 de novembro de 2010

Camilo Castelo Branco na Escola do Facho




No dia 16 de Novembro a Biblioteca "deslocou-se" à Escola do Facho para falar com os pequeninos da Educadora Olinda sobre Camilo Castelo Branco. Foi impressionante os conhecimentos que  mostraram ter sobre o autor e a sua obra "Amor de Perdição". Estes alunos têm uma parceria com o pré escolar de Seide, Famalicão, e preparavam-se para visitar a sua Casa Museu. Por este motivo, fomos falar com estes meninos e meninas que, de olhos sempre vivos, viram algumas imagens de Camilo e conversaram sobre a sua vida atribulada.


CAMILO CASTELO BRANCO
(texto trabalhado com uma turma  de  alunos do pré escolar da Escola do Facho)


Camilo Castelo Branco nasceu em Lisboa no dia 16 de Março de 1825 e foi um grande escritor português,
A sua vida foi sempre complicada e teve, até, algumas semelhanças com a história “Amor de Perdição”.
Casou-se com apenas 16 anos mas, como era muito instável, (separou-se e teve outras paixões que lhe trouxeram vários problemas).
Um dia apaixonou-se a sério por uma senhora chamada Ana Plácido. Só que ela casou-se com outro senhor e Camilo ficou muito triste.
Como Camilo gostava muito dela, não desistiu: fez com que Ana se apaixonasse por ele e raptou-a. Claro que o marido não gostou nada e como naquela altura não era permitido abandonar o marido, Camilo e Ana foram apanhados e colocados na prisão (na cadeia da relação do Porto).
Mas Camilo e Ana Plácido conseguiram o perdão do juiz e saíram da cadeia. Decidiram, então, ir viver para a casa de Camilo, em S. Miguel de Seide , em Famalicão. Quando o marido de Ana morreu, Camilo e ela casaram-se. Realmente Ana Plácido foi o grande amor da vida de Camilo.
Com o tempo, Camilo começou a ficar cego o que o deixou muito triste. Em 1890 suicidou-se. Tinha 65 anos.