sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

REQUISITA UM LIVRO PARA LERES NAS FÉRIAS


Está provado que as crianças e os jovens desenvolvem-se melhor e têm melhores resultados na escola quando contactam com livros diariamente. A promoção de hábitos de leitura é uma das áreas onde a BE tem investido, nomeadamente em trabalho colaborativo com professores, como é o caso dos projectos “Formar Leitores” e implementação da “Hora do Conto”. A aposta no aumento das requisições domiciliárias tem levado, também, à aquisição de livros novos para todas as idades. Não esqueças: Aproveita as férias e...lê. Faz como o Pai Natal !...

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

terça-feira, 24 de novembro de 2009

A Europa













Participa no Projecto. Informa-te na Biblioteca ou junto dos teus professores.



Sabe mais em www.europamoraaqui.ludicom.pt



segunda-feira, 23 de novembro de 2009

NOVO COMISSÁRIO DO PLANO NACIONAL DE LEITURA (PNL),



Fernando Pinto do Amaral é o novo comissário do Plano Nacional de Leitura (PNL), sucedendo a Isabel Alçada, actual ministra da Educação.
O escritor e professor da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa já colaborava com o PNL como coordenador do Concurso Nacional de Leitura.

Pinto do Amaral tem feito parte de vários júris de prémios literários, tem comissariado alguns eventos dedicados à literatura como os “100 Livros do Século” e colaborado como crítico literário em diversas publicações, incluindo o PÚBLICO.

Traduziu As Flores do Mal, de Baudelaire, ganhando o Prémio do Pen Club e o Prémio da Associação Portuguesa de Tradutores; Poemas Saturnianos, de Verlaine; e toda a poesia de Jorge Luís Borges.

Poeta e escritor premiado publicou este ano o romance O Segredo de Leonardo Volpi e para as crianças escreveu recentemente A Minha Primeira Sophia sobre Sophia de Mello Breyner Andersen.
(in jornal PÚBLICO 19.11.2009)






sexta-feira, 20 de novembro de 2009

DIREITOS DA CRIANÇA



Em 20 de Novembro de 1989, as Nações Unidas adoptaram por unanimidade a Convenção sobre os Direitos da Criança.

FAZ HOJE 20 ANOS





terça-feira, 17 de novembro de 2009

DIA MUNDIAL DO NÃO FUMADOR


17 DE NOVEMBRO

Sabias que nos países desenvolvidos:


• 25 a 30% da totalidade dos cancros relacionam-se com o tabaco - o tabaco contribui para o desenvolvimento de doenças respiratórias que podem ser graves e mortais.


• o tabaco constitui factor de risco importante de doenças vasculares arteriais: coronárias, cerebrais da circulação periférica. 20% da mortalidade, por doença coronária, deve-se ao tabaco.


• devido ao tabaco morrem todos os anos cerca de três milhões e 500 mil pessoas.


• na Europa, o fumo do tabaco é responsável por um milhão e 200 mil mortes anuais, prevendo-se que, em 2020, este número atinja dois milhões.




EU NÃO FUMO!

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

11 DE NOVEMBRO, DIA DE S. MARTINHO

Num dia tempestuoso ia São Martinho, valoroso soldado, montado no seu cavalo quando viu um mendigo quase nu, tremendo de frio, que lhe estendia a mão suplicante e gelada.
S. Martinho não hesitou: parou o cavalo, poisou a sua mão carinhosamente na do pobre e, em seguida, com a espada cortou ao meio a sua capa de militar, dando metade ao mendigo.

E, apesar de mal agasalhado e de chover torrencialmente, preparava-se para continuar o seu caminho, cheio de felicidade.
Mas, subitamente, a tempestade desfez-se, o céu ficou límpido e um sol de Estio inundou a terra de luz e calor.
Diz-se que Deus, para que não se apagasse da memória dos homens o acto de bondade praticado pelo Santo, todos os anos, nessa mesma época, cessa por alguns dias o tempo frio e o céu e a terra sorriem.
                                                                                                                                                      Popular

                                                                                                                                                 

PROVÉRBIOS POPULARES  DE S. MARTINHO


 No dia de S. Martinho vai à adega e prova o teu vinho.

 Mais vale um castanheiro do que um saco com dinheiro.

 Dia de S. Martinho fura o teu pipinho.

Do dia de S. Martinho ao Natal, o médico e o boticário enchem o teu bornal.

Pelo S. Martinho mata o teu porquinho e semeia o teu cebolinho.

 Se o Inverno não erra caminho, tê-lo-ei pelo S. Martinho.

 Se queres pasmar teu vizinho lavra, sacha e esterca pelo S. Martinho.

 Dia de S. Martinho, lume, castanhas e vinho.

 Pelo S. Martinho, prova o teu vinho, ao cabo de um ano já não te faz dano.

Pelo S. Martinho mata o teu porco e bebe o teu vinho.

 Pelo S. Martinho semeia favas e vinho.

 Pelo S. Martinho, nem nado nem cabacinho.

 Água-pé, castanhas e vinho faz-se uma boa festa pelo S. Martinho.


ADIVINHAS DE S. MARTINHO


1- Tenho camisa e casaco

Sem remendo nem buraco

Estoiro como um foguete

Se alguém no lume me mete


2- Se me rio... de mim sai uma donzela

Mais donzela do que eu

Ela vai com quem a leva

Eu fico com quem me deu


3- Qual a coisa qual e ela

Tem três capas de Inverno

A segunda é lustrosa

A terceira é amargosa


4-Tem casca bem guardada

Ninguém lhe pode mexer

Sozinha ou acompanhada

Em Novembro nos vem ver

Soluções:

1- Castanha

2- Ouriço

3- Castanha

4- Castanha


terça-feira, 10 de novembro de 2009

Sugestões de Leitura


"Cartas de Vampiros"
Autor: Vários Autores
Editora: Porto Editora



Se gostas de histórias assustadoras... não deixes de ler "Cartas de Vampiros". São nove cartas terríveis da autoria de autores portugueses comptemporâneos. Aconselhamos-te a requisitar o livro na Biblioteca Escolar, mas não nos responsabilizamos pelas tuas insónias!!!







Se preferes leituras mais leves... opta pela "Hannah Montana", da colecção "O Prazer de Ler", da Editora Verbo.



segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Assinala-se, hoje, o vigésimo aniversário da queda do Muro de Berlim. 




Bruxelas, 9 nov (EFE).- O presidente da Comissão Europeia (órgão executivo da União Europeia), José Manuel Durão Barroso, considerou hoje que o 20º aniversário da queda do Muro de Berlim não só serve para comemorar uma conquista histórica, mas coincide com um momento crucial para a integração europeia.




Sabes o que foi o Muro de Berlim?

Aproveita e faz algumas pesquisas.


Na Dinamarca, os estudantes finalistas do ensino secundário vão poder consultar a Internet durante os seus exames finais. A medida foi autorizada pelo Governo e o sentimento geral é de que os alunos são suficientemente sérios para poderem usufruir desta medida sem copiarem. Os chats e a troca de e-mails durante o exame estão, obviamente, proibidos.


quinta-feira, 5 de novembro de 2009

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

NOVIDADES

  1. Não deixes de requisitar as novas aquisições.

    Crepúsculo, Stephenie Meyer
    Pedro e Companhia.A Cauda do Diabo, João Aguiar
    A Cabana, WM. Paul Yong
    Um Momento Inesquecível, Nicholas Sparks
    No Teu Deserto, Miguel Sousa Tavares
    Porque Sim, Daniel Sampaio
    A Mensagem de Elena, Brooke e Keith Desserich
    O Silêncio dos Outros, Lydia Gouardo
    O Aniversário de Astérix e Obélix, Goscinny e Uderzo
    Contos de Vampiros, vários autores
    As feras futebol clube:Jojo o que dança com a bola,Joachim Masannek
    Hannah Montana: Família de Estrelas

terça-feira, 27 de outubro de 2009

MENSAGENS DE ALUNOS

A Biblioteca é um conjunto de novos horizontes.
Victor, 9º B
Um livro faz-nos viver
Um livro faz-nos sonhar
Basta virarmos a página
Que não paramos de imaginar.
Pedro Azevedo, 7º D

A nossa Biblioteca é uma boa biblioteca. Gosto de requisitar livros.
Rui, 6º C
A Biblioteca abre os nossos horizontes.
Joel, 6º C
Eu gosto muito da Biblioteca. É muito fixe e especial.
7º D
A Biblioteca faz-nos descobrir novos mundos.
Victor 9º B
Eu acho que é importante haver uma biblioteca na nossa escola porque temos um sítio sossegado para estudar.
Célia 8º C
Eu acho a nossa Biblioteca muito interessante.
Ana Rita, 5º C

Dia Internacional das Bibliotecas Escolares


Hoje assinalamos o Dia Internacional das Bibliotecas Escolares e pedimos aos alunos que escrevam a sua opinião sobre a nossa BIBLIOTECA.


Entra neste desafio!




Federação Internacional das Associações de Bibliotecários e de Bibliotecas

MANIFESTO DA BIBLIOTECA ESCOLAR
(extracto)


MISSÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR

A biblioteca escolar disponibiliza serviços de aprendizagem, livros e recursos que permitam a todos os membros da comunidade escolar tornarem-se pensadores críticos e utilizadores efectivos da informação em todos os suportes e meios de comunicação. As bibliotecas escolares articulam-se com as redes de informação e de bibliotecas de acordo com os princípios do Manifesto da Biblioteca Pública da UNESCO.

A equipa da biblioteca apoia a utilização de livros e outras fontes de informação, desde obras de ficção a obras de referência, impressas ou electrónicas, presenciais ou remotas. Estes recursos complementam e enriquecem os manuais escolares e os materiais e metodologias de ensino.

Está comprovado que quando os bibliotecários e os professores trabalham em conjunto, os alunos atingem níveis mais elevados de literacia, de leitura, de aprendizagem, de resolução de problemas e competências no domínio das tecnologias de informação e comunicação.

As bibliotecas escolares devem disponibilizar os seus serviços de igual modo a todos os membros da comunidade escolar, independentemente da idade, raça, sexo, religião, nacionalidade, língua e estatuto profissional ou social. Aos utilizadores que, por qualquer razão, não possam utilizar os serviços e materiais comuns da biblioteca, devem ser disponibilizados serviços e materiais específicos.

O acesso aos serviços e fundos documentais deve orientar-se pela Declaração Universal dos Direitos e Liberdades do Homem, aprovada pelas Nações Unidas, e não deverá ser sujeito a nenhuma forma de censura ideológica, política ou religiosa ou a pressões comerciais.



OBJECTIVOS DA BIBLIOTECA ESCOLAR

A biblioteca escolar é parte integrante do processo educativo.

Os objectivos seguintes são essenciais ao desenvolvimento da literacia, das competências de informação, do ensino - aprendizagem e da cultura e correspondem a serviços básicos da biblioteca escolar:

apoiar e promover os objectivos educativos definidos de acordo com as finalidades e currículo da escola;
criar e manter nas crianças o hábito e o prazer da leitura, da aprendizagem e da utilização das bibliotecas ao longo da vida;
proporcionar oportunidades de utilização e produção de informação que possibilitem a aquisição de conhecimentos, a compreensão, o desenvolvimento da imaginação e o lazer;
apoiar os alunos na aprendizagem e na prática de competências de avaliação e utilização da informação, independentemente da natureza e do suporte, tendo em conta as formas de comunicação no seio da comunidade;
providenciar o acesso aos recursos locais, regionais, nacionais e globais e às oportunidades que confrontem os alunos com ideias, experiências e opiniões diversificadas;
organizar actividades que favoreçam a consciência e a sensibilização para as questões de ordem cultural e social;
trabalhar com alunos, professores, órgãos de gestão e pais de modo a cumprir a missão da escola;
defender a ideia de que a liberdade intelectual e o acesso à informação são essenciais à construção de uma cidadania efectiva e responsável e à participação na democracia;
promover a leitura, os recursos e serviços da biblioteca escolar junto da comunidade escolar e fora dela.

APLICAÇÃO DO MANIFESTO

Os governos, por intermédio dos Ministérios da Educação, são convidados a desenvolver estratégias, políticas e planos que apliquem os princípios deste Manifesto. Devem ainda prever a difusão do Manifesto nos programas de formação inicial e contínua de bibliotecários e de professores. Incentivam-se todos os responsáveis a nível local e nacional e a comunidade de bibliotecários em todo o mundo a aplicar os princípios deste Manifesto.

O Manifesto foi preparado pela Federação Internacional das Associações de Bibliotecários e de Bibliotecas e aprovado pela UNESCO na sua Conferência Geral em Novembro de 1999

Publicado pelo Ministério da Educação de Portugal
Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Astérix

Astérix comemora 50 anos em Portugal



Astérix comemora 50 anos e a ‘festa’ de aniversário da personagem de Banda Desenhada decorre em 19 países através do lançamento do livro “O Aniversário de Astérix e Obélix, Livro de Ouro”. A obra tem uma edição total de 3,5 milhões de exemplares e foi lançada em Portugal esta quinta-feira dia 22 de Outubro.

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Mês das Bibliotecas Escolares

Prémio Nobel da Literatura

Herta Müller

Prémio Nobel de Literatura 2009







Herta Müller nasceu em 1953 na Roménia, de uma família da minoria alemã. Vive, desde 1987, em Berlim.
Na sua obra retrata a vida na Roménia sob a ditadura de Ceaucescu, abordando, também, a questão das minorias alemãs em países da Europa Central, no pós-guerra.
Em Portugal foram publicados os seus livros:
►O homem é um grande faisão sobre a terra, Cotovia, 1993
► A terra das ameixas verdes, Difel,1999
Herta Müller ao ter conhecimento do Nobel que lhe foi atribuído afirmou: "Quem ganhou não fui eu, foram os livros."
A Academia sueca sublinha que Herta Müller consegue, "com a densidade da sua poesia e a franqueza da sua prosa, retratar o universo dos desapossados".

Foram-lhe, também, atribuídos os prémios:
► Prémio Aspekte, 1984
►Prémio europeu de literatura Aristeion, 1995
►Prémio irlandês IMPAC, 1998.
►Prémio Franz Kafka, 1999
►Prémio Joseph Breitbach de literatura alemã, em 2004
►Prémio de literatura da Fundação Konrad Adenauer, 2004
►Prémio Würth de literatura europeia, 2006






BIBLIOTECA AEA
Outubro,2009

Mês das Bibliotecas Escolares

Acontecendo...

A Biblioteca da nossa Escola é um lugar especial, povoado por sonhos e fantasias. Aqui todos podem folhear um livro, requisitá-lo para o ler em casa, ver uma revista, distrair-se com um filme, ouvir uma história, utilizar os computadores, estudar, pesquisar…
È sempre bom recordar que a informação e a leitura são essenciais para a nossa valorização social, cultural e humana. Por isso, sempre que puderem apareçam na Biblioteca.




Setembro foi o mês dedicado à apresentação da Biblioteca aos alunos mais novos da Escola. Todos ficaram a conhecer o espaço, o seu funcionamento e, claro, a saber prevenir a Gripe A.
O mês de Outubro, mês das Bibliotecas Escolares, está a ser dedicado à literacia da informação. Aprender a pesquisar e a planificar os nossos trabalhos é muito importante. Só assim teremos sucesso, não apenas na Escola, mas ao longo da vida!
Todos os alunos do 4º , 5º e 6º anos do Agrupamento já aprenderam, que
Se queremos alcançar
Não devemos esquecer:
Planificar, executar
E, no fim, avaliar.

terça-feira, 6 de outubro de 2009

33 razões para ler

33 RAZÕES PARA LER
1 Para viver mais
2 Para saber que estamos vivos
3 Para saber que não estamos sós
4 Para saber
5 Para aprender
6 Para aprender a pensar
7 Para descobrir o mundo
8 Para conhecer outros mundos
9 Para conhecer os outros
10 Para nos conhecermos a nós próprios
11 Para partilhar
12 Para criar um mundo próprio
13 Para ser artista
14 Para rir
15 Para chorar
16 Para cantar
17 Para nos consolarmos
18 Para viajar
19 Para ser o que não somos
20 Para ser o que somos
21 Para duvidar
22 Para negar
23 Para afirmar
24 Para nos refugiarmos
25 Para nos evadirmos
26 Para explorar
27 Para jogar
28 Para passar o tempo
29 Para adormecer
30 Para sonhar
31 Para crescer
32 Para nos emocionarmos
33 Para imaginar

Se descobrires mais razões escreve-as aqui.
_______________________________
_______________________________

BIBLIOTECA
C E N T R O D E R E C U R S O S


CENTRO DE RECURSOS DA ESCOLA BÁSICA INTEGRADA DE APÚLIA
2009 . 2010
A Biblioteca está aberta todos os dias de manhã e de tarde.
Na Biblioteca podes:
■ Consultar livros de vários temas.
■ Fazer leitura informal.
■ Visualizar filmes didácticos ou recreativos.
■ Ouvir música ou histórias.
■ Realizar trabalhos de casa.
■ Pesquisar para os teus trabalhos escolares ou
sobre temas que te despertem interesse.
■ Utilizar os computadores.
■ Requisitar livros para leitura domiciliária.



Lembra-te que os livros
■ Desenvolvem a imaginação e o conhecimento.
■ Estimulam a curiosidade e a compreensão.
■ Educam os sentimentos e ajudam a conhecermo-nos melhor e a identificarmo-nos com os outros.
■ Enriquecem a linguagem e aumentam a capacidade de expressão.
■ Dão outra visão do mundo.


EMPRÉSTIMO DOMICILIÁRIO
■ Para leres em casa, só podes levar os livros que se encontram nas estantes indicadas com “Requisição Domiciliária”. Estes livros têm um S assinalado nas cotas.
■ Nenhum livro pode ser levado sem que o professor responsável ou a funcionária preencha a ficha de requisição.
■ Cada livro é emprestado por um período máximo de dez (10) dias e tem de ser entregue em bom estado.
■ Não podes proceder a novas requisições se tiveres algum livro por devolver.
■ Os livros são sempre entregues ao professor ou funcionária presente na Biblioteca, que deles dará baixa na ficha de requisição. Nunca os coloques tu nas prateleiras.


Não esqueças: no Centro de Recursos não deves comer, beber, usar o telemóvel, falar alto, correr, mudar de lugar e de computador constantemente…
A tua mochila deve ser deixada, sempre, junto da porta de entrada.


No centro de Recursos há sempre alguém disponível para te orientar e apoiar. APARECE !!!

Gripe A

A E A
B I B L I O T E C A
GRIPE A


É fundamental que o Plano de Contingência da escola/agrupamento defina claramente o papel da biblioteca e as acções a realizar, quer em termos de informação e prevenção, quer na promoção de actividades pedagógicas a desenvolver em situação de crise, com relevo para actividades a distância, tanto mais que de acordo com as orientações da Direcção Geral da Saúde (DGS) para as escolas «É de equacionar a possibilidade de utilização do teletrabalho».
Teresa Calçada
(Coordenadora da Rede de Bibliotecas Escolares)



De acordo com as orientações da DGS, a Biblioteca Escolar já está a implementar medidas preventivas, nomeadamente:
► divulgação de informação sobre a gripe A e dos comportamentos preventivos a adoptar; (com este objectivo, o Plano Nacional de Leitura, lançou um livro digital intitulado “O Nuno escapa à gripe A”, escrito por Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada. O livro, ilustrado, explica aos mais pequenos o que é a gripe A e qual a melhor estratégia para evitar o contágio. Este livro está a ser apresentado na Biblioteca aos alunos do 1º ciclo e do 5º ano.
► colocação de dispositivos e medidas de desinfecção das mãos à entrada da biblioteca;
► disponibilização de meios de protecção como lenços de papel (luvas e máscaras serão usadas no manuseamento dos livros se tal se mostrar aconselhável);
► desinfecção das superfícies de trabalho, como mesas e teclados de computador (será também aconselhado aos alunos que procedam, eles próprios, a esta desinfecção, utilizando toalhetes com álcool que deverão trazer de casa);

► previsão de um período de quarentena da documentação após empréstimo domiciliário ( 24 horas);

► elaboração de um plano de substituição, no seio da equipa da biblioteca, do professor bibliotecário e da funcionária, em caso de ausência destes, tendo sempre presente as disponibilidades da Escola.




Considerando a possibilidade de alunos desta escola contraírem gripe A e ficarem impedidos de comparecer na escola por um período alargado de tempo, estão a ser programadas actividades que os alunos poderão realizar nas suas casas, acedendo à Internet.
► O blog da Biblioteca da Escola, além de divulgar assuntos que à Biblioteca digam respeito, poderá assegurar a divulgação de materiais que permitam aos alunos desenvolver, de forma orientada, trabalho escolar à distância nas diversas disciplinas ou áreas disciplinares.
► De igual modo, a Biblioteca prepara-se para proporcionar aos alunos actividades que supram as ausências de professores impedidos de comparecer na escola.
Com este objectivo, será importante que os professores, individualmente ou em Departamento Curricular, programem actividades e materiais para serem disponibilizados aos alunos no espaço físico da Biblioteca ou através do seu Blog
► Com os materiais elaborados, a Biblioteca poderá, também, organizar maletas pedagógicas destinadas a empréstimo para as salas de aula da Escola Sede e das diferentes Escolas do Agrupamento, nas situações em que se verifique ausência do professor da turma/disciplina e a aula tenha de ser assegurada por um professor substituto.
► Proceder-se-á à divulgação de propostas de leituras, filmes e sítios a explorar pelos alunos em casa, com a família e com os amigos.





O Plano Nacional de Leitura sugere algumas actividades para serem desenvolvidas com os alunos com vista ao combate à propagação da gripe

Projecto «Ler +, agir contra a Gripe»


O Projecto «Ler +, agir contra a Gripe» visa melhorar a informação das crianças e dos jovens que frequentam as escolas e, através deles, das suas famílias e das suas comunidades sobre as formas de prevenir a Gripe A, no quadro estratégico de acção global contra a pandemia.
Conceptualmente, com este Projecto, pretendemos desenvolver um conjunto de iniciativas relacionadas com a leitura e a escrita, que contribuam para melhorar os níveis de literacia em saúde e a prevenção das doenças transmissíveis, em especial da Gripe.
Atendendo a que o principal local de intervenção do Projecto é a Escola, as actividades serão centradas na comunidade educativa, sem perder de vista o potencial de divulgação das instituições envolvidas, tais como, as bibliotecas escolares e públicas.
A operacionalização deste projecto passa pela utilização da rede digital do Nacional de Leitura (PNL), através de actividades para serem desenvolvidas nos seus quatro eixos: «Ler + nas escolas», «Ler + nas bibliotecas», «Ler + em família» e «Ler + em todo o lado».
As actividades previstas propõem a adopção de comportamentos inteligentes, que dificultem a transmissão do vírus, através de medidas de protecção da saúde individual e da saúde da comunidade, com o reforço da importância da lavagem frequente das mãos e da protecção da boca e do nariz ao tossir ou espirrar, por forma a diminuir e atrasar o mais possível a propagação do vírus.
A sustentabilidade do Projecto decorrerá da sua adaptabilidade às diferentes fases da pandemia.



Algumas das actividades sugeridas pelo PNL:

► Produção de uma colecção de histórias infantis à volta do tema «Agir contra a Gripe» para serem utilizadas por educadores nos Jardins de infância e pelos professores do 1.º e 2.º ano do 1.º ciclo do Ensino Básico na «Hora da Leitura»

► Trabalhos individuais ou de grupo e Blogues, desenvolvidos por alunos, sob proposta dos professores do 2.º, 3.º ciclo do Ensino Básico e do Ensino Secundário sob o mote “És mais esperto do que a gripe? Sabes como agir?”

► Produção de canções sobre o tema da Gripe “A cantar também se aprende”

► Produção e afixação de cartazes e distribuição de materiais informativos sobre a Gripe A

► Leitura e análise de informação da DGS sobre a Gripe A nas reuniões de início do ano lectivo, com familiares de alunos, nos Jardins de Infância e nas Escolas do 1º Ciclo.

► Leitura em família de livros digitais e de recursos de informação sobre a Gripe A e envio de slogans sobre os principais gestos de protecção contra a
Gripe em família, a publicar no sítio do PNL

► Sensibilização das empresas para a promoção da leitura junto da população activa, através da divulgação de mensagens sobre «Prevenção da Gripe e Ser Saudável».

► Selecção de livros sobre promoção da saúde e estilos de vida saudáveis, com interesse para diferentes públicos alvo



Agrupamento de Escolas de Apúlia, Setembro, 2009

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Bem-vindos ao blogue da Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas de Apúlia. Esperamos que seja um espaço aberto aos "saberes", à partilha e à divulgação das actividades desenvolvidas pela Biblioteca.

Aparece!

Bom ano escolar!